sexta-feira, 1 de maio de 2020

SINDPROC questiona licitação da prefeitura de Coreaú para compra de livros em mais de 1 milhão


O Sindicato dos Professores de Coreaú, através de seu presidente, professor Manoel Brito de Souza, enviou ontem (30) ofício ao Ministério Público Estadual solicitando informações acerca da licitação realizada pela Prefeitura Municipal de Coreaú, na modalidade Pregão Eletrônico (nº. 002/2020 - EDUC), tendo como objeto a aquisição de material de consumo (livros didáticos e paradidáticos) para destinar a alunos da educação infantil e ensino fundamental do 1º ao 9º ano do município de Coreaú - CE.

Segundo o sindicato, a licitação "causa perplexidade diante de quantia tão vultuosa destinada a compra de livros em tempos de pandemia", afirmando ainda que é preciso averiguar "a real necessidade da compra de livros diante da suspensão das aulas presenciais, adotada pelo município como medida de isolamento social, nessa pandemia. É de causar estranheza. Outro fator que merece também análise, é saber se o preço de aquisição está em consonância com o de mercado. Trata-se de uma quantia vultosa, no valor de R$ 1.225.588,30 (um milhão duzentos e vinte e cinco mil quinhentos e oitenta e oito reais e trinta centavos) destinada a compra de livros que precisa ser analisada com cuidado e critério."

O ofício surge após matéria publicada pelo Coreaú de Fato, que trouxe ao público a realização da licitação para compra de livros no valor estimado em mais de um milhão. A publicação repercutiu por meio das redes sociais e também por alguns sites/blogs regionais.

Confira a  matéria baixo: 


Confira o ofício encaminhado pelo SINDPROC ao Ministério Público clicando AQUI.



0 comentários:

Publicar um comentário